Questão de escolha

Texto: Roberta de Lucca (Revista Vida Simples)

Uma gota a mais e o copo transborda.

A metáfora sobre algo que não conseguimos conter desenha a imagem do que acontece nos momentos em que não damos conta de resolver sozinhos um problema que incomoda bem lá dentro da gente.

Ao atingirmos essa situação-limite, a água escorre – e nos vemos no impasse de matar, morrer ou de nos fingirmos de morto.

Matar é buscar soluções.

Morrer é se deixar aniquilar por ela.

Fingir de morto é olhar para o lado, agindo como se a coisa não fosse com você.

Eis aí três possibilidades do que cada um de nós, como indivíduos ( na mais pura acepção da palavra, “aquilo que não se divide”), podemos fazer com nossas vidas quando algo não vai bem em nosso íntimo.

Tudo é questão de escolha, e essa opção determina como viveremos e quem seremos para nós e para os outros.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: