Eu preciso

Texto:  Nathalia Ziemkiewicz 

Preciso me alongar. Ser mais flexível. Em todos os sentidos.

Preciso silenciar. Prestar mais atenção ao que está dentro.

Tenho me distraído com coisas fáceis.

Preciso respirar fundo. Inspirar menos do mesmo.

Tédio me tira o fôlego.

Preciso falar mais baixo. Grito e não escuto meus exageros.

As palavras viram zunidos depois.

Preciso beijar melhor. Ando burocrática.

E ele merece mais romantismo.

Preciso parar de roer as unhas.

Quero vê-las sobreviver a minha ansiedade assassina.

Preciso tolerar defeitos. Meus e dos outros.

Qualidade difícil essa.

Preciso reduzir para um décimo meu perfeccionismo.

As coisas nem sempre saem como gostaria, eu sei. Mas ainda frustam.

Preciso saborear as conquistas. Me cumprimentar por elas.

Costumo trocá-las por novos desafios.

Preciso me descomplicar.

Aceitar o que não posso compreender, o que não consigo ser,

o que talvez não tenha solução.

Simples assim.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: