A tua sorte

chuva_na-mao

Texto: Paulo Henrique Almeida

A tua sorte é que o sol vai nascer todos os dias e você não vai conseguir fugir desse brilho. E as tuas manhãs não vão parar para ouvir suas recusas, você vai ter que levantar e seguir o teu ritmo.
A tua sorte é que o amor e a alegria são sentimentos involuntários, e eles vão surgir ainda que você não queira, não há como escapar do que preenche o teu sorriso.
A tua sorte é que a alma se fortalece mesmo quando você está mais sensível, e que ela te exige. As vezes é quando se está no chão que você aprende a crescer.
A tua sorte é que o mundo tem esquinas. Que a vida é mais do que os teus olhos já viram. E que o que há de vir tem uma força muito maior do que o que já foi embora e o que deixou de acontecer.
A tua sorte é que teu coração sangra, e de tanto apanhar ele aprende a matar tudo que não deve permanecer dentro de ti.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: