Para melhorar o seu casamento

Couple Relaxing in Bed

Texto: Gustavo Gitti

Uma breve pegadinha com cara de autoajuda para quem foca demais em apenas uma relação

Ó ser esbaforido, que também corre daqui para lá, de lá para cá, sem nunca descansar, ouça agora! Para melhorar o seu casamento, não foque tanto no casamento: disponha-se a transformar todas as suas relações — o casamento é apenas uma entre milhares.

Para melhorar o seu casamento, não desperdice todo o tempo resolvendo cada coisa que surge, esperando pelo momento em que tudo estará mais ou menos arrumado — nossa lista de tarefas não tem fim. Para melhorar o seu casamento, se tudo o que você deseja é uma longa união, um trabalho interessante, uma família admirável, viagens, hobbies, arte e alguma espiritualidade de vez em quando, você está desejando muito pouco.

Para melhorar o seu casamento, amplie sua vida, avance nos caminhos que não passam pelo casamento — só assim você terá o que oferecer. Para melhorar o seu casamento, experimente fazer retiros de silêncio nos quais você senta livre do casamento para depois voltar e infundi-lo de clareza e amorosidade, irradiando um bem-estar profundo e gracioso em todas as situações — não importa onde ou quando, ali está sua mente. Para melhorar o seu casamento, liste as extraordinárias qualidades de seu parceiro ou parceira: não é nada fácil conviver com você.

Para melhorar o seu casamento, relaxe quando tudo o leva a se contrair. Para melhorar o seu casamento, ainda que você continue falando “meu marido” ou “minha esposa”, reconheça como nunca houve nem nunca haverá tal coisa: você esbarrou com um ser livre em um espaço amplo, está brincando por um tempo e em breve vai se despedir. Se não lembrar disso todo dia, você vai sofrer demais quando o ser livre e o espaço amplo forem escancarados na separação.

Para melhorar o seu casamento, dê créditos aos ancestrais e a todas as pessoas ao seu redor: você é o que é porque todos são o que são. Para melhorar o seu casamento, você não precisa ser coerente com sua história: agradeça aos eus do passado e siga livre de você mesmo. Para melhorar o seu casamento, aumente o contato com o sofrimento dos outros — o desejo de ajudá-los é o antídoto perfeito para a mente autocentrada que apenas tenta se dar bem em sua vidinha. Para melhorar o seu casamento (em tempos de loucura, até o mínimo é raro): por favor, não atrapalhe a vida do outro.

Para melhorar o seu casamento, use menos Whatsapp: será mais difícil controlar e manter uma imagem congelada do outro em seu fluxo mental. Para melhorar o seu casamento, não pense tanto em termos de “casamento” e “melhorar”. Para melhorar o seu casamento, apaixone-se por mais manifestações da existência e de vez em quando sonhe, respire, cantarole, boceje, durma, acorde, viaje, suspire, dê longas caminhadas e tome uma taça de rosé fora da bolha do casal.

Para melhorar o seu casamento, não tem outro jeito: será preciso atingir a iluminação de um Buda.

Ó ser inquieto, que também abre a porta da geladeira em busca de felicidade, por enquanto não tenho muito a dizer, mas compartilho um pouco do que ouvi de meus professores e professoras, ainda que pelo funil de minha visão obscurecida. Que seja de algum benefício!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: